Habitec na web | acesse por aqui também

acesse orkutacesse twiter acesse facebook

Ago

30

2019

Curiosidades

Móveis como obras de arte: os trabalhos do designer Sérgio Rodrigues

sexta, 30/08/19 | por Excom Digital | tags design, arte, móveis

O designer brasileiro Sérgio Rodrigues é um dos mais reconhecidos do mundo e sua obra reverbera até hoje no trabalho dos profissionais da área. Sobrinho do escritor Nelson Rodrigues, Sérgio teve influências artísticas desde pequeno.

Assim como todo designer, o xodó do profissional era o desenho de cadeiras, algumas delas premiadas internacionalmente, mas acima de tudo com móveis voltados para a produção industrial com características de identidade brasileira estampadas em todas as peças.

Sérgio trabalhou com os irmãos Hauner, na Móveis Artesanal Paranaense, em Curitiba. Depois chefiou o departamento de criação de arquitetura de interiores da empresa Forma, fabricante internacional de móveis. E, por fim, criou a Oca, um misto de atelier, espaço de produção, galeria de arte e loja, afirmando de vez sua ligação artística à produção de móveis industriais, uma união única.

Em 1968, Sérgio Rodrigues vendeu a Oca e passou a se dedicar a trabalhos em arquitetura de interiores. Em 1974, sua ‘Poltrona Mole’, passou a integrar a coleção do Museu de Arte Moderna de Nova York.

Quando pensamos em obras de arte em casa elas são apenas para decoração, mas no caso de Sérgio Rodrigues as peças têm funcionalidade e aplicabilidade em necessidades do dia a dia. O designer também sempre defendia a visão de que os materiais dos seus móveis são parte da narrativa dele, contando uma história sobre o local em que seriam inseridos e levando uma identidade brasileira.

Ainda hoje é possível comprar peças do artista, encontradas em antiquários e galerias de arte, porém saiba que os preços são altos pela autenticidade de cada peça.

Gostou de saber mais sobre um dos maiores designers brasileiros de todos os tempos? Qual móvel de Sérgio Rodrigues você gostaria de ter em casa? Comente aqui embaixo.

 

Ago

28

2019

Dicas

Como fazer uma parede de quadro negro

quarta, 28/08/19 | por Excom Digital | tags quadro negro, decoração, dicas

Anotações, decoração e um espaço para os filhos brincarem sem se preocupar com riscos difíceis de limpar, essas são as vantagens de uma parede de quadro negro, que vem ganhando espaço e popularidade.

Existem duas maneiras de deixar as paredes de quadro negro. Você pode pintar com tinta preta ou verde fosca para ficar com cara de lousa de escola. A outra maneira é aplicar folhas adesivas (papel contact). Antes de tudo é importante escolher o local ideal para a aplicação, pois podemos enjoar da parede.

As tintas com esmalte fosco permitem que um pano úmido limpe os traços de giz escritos na parede, mas é necessário ter muita atenção para não aplicar a tinta comum, essa sim pode ficar com manchas de giz. A tinta fosca pode não ser ideal para quem mora em um imóvel alugado, seja pelo contrato estabelecido ou até para evitar problemas no futuro, como pintar sobre a tinta preta, o que dá bastante trabalho.

O papel contact tem cuidados para aplicação e o principal deles é uma parede lisa, onde se necessita lixar, passar um pano úmido para retirar o pó e deixar a superfície de aplicação secar naturalmente. Depois disso, sua parede estará pronta para receber o revestimento.

Muito cuidado para não criar bolhas e rugas, elas podem estragar todo o seu trabalho, mas se isso acontecer há uma maneira de tentar reposicionar.

Você vai precisar de: ferro de passar roupas; extensão elétrica ou uma tomada próxima; pano úmido com água fria e espátula.

Ligue o ferro na menor temperatura e não use o vapor, o eletrodoméstico deve alcançar a área com bolhas. Posicione o pano úmido na área enrugada e em seguida passe o ferro sobre o pano. Certifique-se se a cola amoleceu e deslize o papel para ajeitar quando ela estiver suficientemente mole, se houver necessidade ajeite com a espátula. Por fim passe o ferro diretamente no papel de parede, por cerca de 30 segundos, até fixá-lo, depois é só esperar a área secar.

 

Ago

26

2019

Decoração

Como montar o quarto perfeito para o seu bebê

segunda, 26/08/19 | por Excom Digital | tags bebê, decoração, dicas

Montar o quarto do bebê é uma das maiores dificuldades de um casal que está iniciando uma família. São pouco menos de 9 meses de planejamento e tantas coisas passando pela cabeça que pensar em organizar um local para o novo morador é uma prioridade que passa despercebida para muitos pais de primeira viagem.

O Blog da Habitec traz dicas de como organizar o quarto do bebê otimizando os espaços e tornando um lugar confortável, pois os pais habitarão com frequência nos primeiros meses.

As cores da parede são um aspecto importante da montagem do quarto, pois devem ser feitas com bastante antecedência, para sair o cheiro forte e secar bem antes da chegada do bebê. O padrão que muitas pessoas seguem é de azul claro para o quarto de um menino e rosa para o de uma menina, porém é possível inovar e aplicar uma cor branca, que valoriza o espaço e faz parecer maior do que é. Outras cores frias são facilmente adaptáveis, como o amarelo, verde e cinza claro. Objetos que imprimem personalidade também podem ser utilizados, como almofadas e tapetes em laranja e lilás.

Alguns móveis são essenciais, como o berço, cômoda com trocador e poltrona de amamentação. Os quartos menores têm uma atenção especial sobre a utilização de um móvel com mais de uma função. As roupas do bebê são menores e, portanto, ocupam menos espaço, cabendo em uma cômoda ao invés de um armário grande. Sobre a cômoda pode ser adaptado um trocador e para isso é só colocar um colchonete com um lençol para suavizar o contato da pele do bebê. O berço também pode ter um suporte colocado na ponta que serve como trocador.

É importante lembrar que no quarto é necessário ter espaço para circular confortavelmente pelo ambiente.

Móveis que podem auxiliar na organização também são uma excelente forma de decoração, seja com prateleiras e nichos. Os dois podem abrigar objetos de decoração, luminárias e brinquedos, além de uma cor que dá mais vida ao ambiente. Uma sugestão é utilizar nichos com iluminação embutida, pois garantem uma sensação agradável para o quarto pequeno de bebê e uma belíssima decoração.

A última dica, mas nem por isso menos valiosa é seguir apenas uma linguagem no quarto, mas o que significa isso? Se as paredes são curvas, converse com ela e opte por um berço com curvas em seu desenho. Cômodos estreitos e longos devem ter todo os móveis de um lado, para que possa se circular pelo outro com o bebê no colo.

Ago

22

2019

Dicas

5 dicas de como conservar seus livros em casa

quinta, 22/08/19 | por Excom Digital | tags livros, conservação, organização

Quem tem uma pequena biblioteca em casa sabe como é difícil manter os livros sem manchas, dobras ou com a lombada desamassada. Para isso o Blog da Habitec traz cinco dicas de como conservar os seus livros.

1 Posição

A posição ideal para guardar seus livros é na vertical, o mais reto possível, principalmente para não amassar a lombada e o livro acabar ficando torto em sua estrutura. Por falta de espaço, muitas vezes, eles acabam ficando empilhados, danificando os que estão mais abaixo na fileira.

A dica para que isso não aconteça é medir as dimensões do cômodo e fazer camadas de prateleiras, aproveitando o espaço ao seu máximo.

2 Prateleiras

As prateleiras podem se tornar uma grande dor de cabeça se não forem específicas para suportar livros. Como são muito pesados, se colocados em grandes quantidades podem envergar a madeira e até quebrar uma estante, por isso o cuidado é necessário.

Em casos de prateleiras com suportes móveis, o ideal é deixar os livros sobre os apoios de parafuso, esses são os locais mais resistentes e aguentam o peso por mais tempo.

3 Circulação de ar

Um exemplo de como não se fazer.

Os livros são feitos de celulose, ou seja, podem acabar se degenerando com o passar do tempo, criando manchas amarelas que deixam com um aspecto velho.

O ideal é evitar umidade e reservar um espaço para o livro “respirar”, não apoiando ele na parede, por exemplo, além de colocar pedras anti umidade nos espaços de distância.

Pelo menos uma vez a cada 6 meses abrir o livro e folhear as páginas, deixando o ar circular em seu interior.

4 Luz

Evitar a luz direta é primordial se você não quer seus livros desbotados ou até queimados. Por incrível que pareça as lâmpadas podem danificar os exemplares se eles ficarem muito tempo expostos com incidência direta.

O correto é também não ter lâmpadas incandescentes de luz amarela, esses são os modelos que mais queimam e danificam o papel.

Luz do sol então, nem pensar, se possível evitar ao máximo posicionar a prateleira em locais de incidência.

5 Poeira

Um dos maiores problemas de qualquer coleção em casa é lidar com a poeira acumulada. Em peças de cerâmica, madeira ou outros materiais é possível retirar com um pano úmido, porém isso é expressamente proibido se quiser conservar os livros.

O ideal é que se pegue um pincel de modelo trincha, com pelos suaves e largos e passe sobre a parte de cima, onde geralmente mais se acumula poeira. É ideal retirar o livro da prateleira, sempre puxando pela lombada, para passar o pincel e limpar.

Ago

20

2019

Decoração

Como arrasar no jardim de inverno

terça, 20/08/19 | por Excom Digital | tags jardim de inverno, dicas, decoração

Um cômodo diferente de todos os outros, com detalhes que transformam sua casa em um lugar especial. Seja próximo da cozinha ou da sala o jardim de inverno transforma tudo ao seu redor. Hoje o Blog da Habitec traz dicas de como arrasar no seu jardim de inverno.

O jardim deve combinar com a arquitetura da casa

Não adianta de nada seguir todas as nossas dicas, mas posicionar o jardim de inverno em um local que será um empecilho para todos os outros cômodos da casa. Se ele estiver ao lado dos quartos pode esquentar ou esfriar demais, se estiver entre cômodos íntimos terá pouca visibilidade e utilidade.

É preciso também pensar o espaço do terreno e as incidências de sol para colocar as plantas e elementos de decoração.

Iluminação

A iluminação é uma das principais características dos jardins de inverno e talvez sua principal contribuição para os cômodos ao redor. Com tetos vazados e portas/janelas de vidro, transforma tudo. A posição que se encontra também é importante, visto que se ele for instalado em uma área da casa que recebe pouca incidência de sol perderá sua principal qualidade.

O recomendado é que pelas plantas necessitarem de irrigação, estejam expostas a chuva e à luz do sol, com cuidados específicos de cada uma.

Decoração

Combinar peças de origem natural no seu jardim de inverno é garantia de personalidade e cuidado. Os elementos de madeira, bambu e pedras, dão um charme especial ao entorno, um contato maior com a natureza e um visual mais clean ao espaço.

Bancos de madeira ou bambu e pequenas fontes de pedra são exemplos de como a mobília pode ser adaptada ao jardim de inverno.

Cuidado com as plantas

É preciso ter dois tipos de cuidados com as plantas, o primeiro é na escolha das espécies, opte por uma ideia completa de organização, olhando todos os outros objetos e cores para não escolher plantas que descaracterizem o restante do jardim de inverno.

O outro cuidado é na conservação, pois é preciso ter uma atenção especial com as espécies que serão colocadas no jardim, algumas são mais sensíveis e delicadas, enquanto outras necessitam de pouca água e luz do sol.

Um jardim de inverno que não tem atenção na parte da jardinagem perde grande parte de sua função.

Destaques Habitec Ed. Viver Batel-1191Elegance -ref. 1109

Acesso rápido

Vendas

41 3340-3222
8490-4169

Lançamentos

41 3340-3229
8490-4169

Locações

41 3340-3258

ADM.Aluguéis

41 3340-3202

Avaliações

41 3340-3243

habitec imóveis

© 2010 - HABITEC ASSESSORIA TECNICA HABITACIONAL LTDA - CRECI J685
desenvolvido por Sulcriativa Comunicação